Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

...é bom e eu gosto!

Aqui partilho o que mais gosto e me interessa; fotografias, decoração, arquitetura, inspirações, curiosidades, receitas, livros, viagens, boas ideias e espero que me ajudem com a vossa opinião e sabedoria...

...é bom e eu gosto!

Aqui partilho o que mais gosto e me interessa; fotografias, decoração, arquitetura, inspirações, curiosidades, receitas, livros, viagens, boas ideias e espero que me ajudem com a vossa opinião e sabedoria...

O que é o Estilo?

images82HX4VE4.jpg

Estilo é um conceito da história da arte de significado amplo e muitas vezes vago. Em geral indica um grupo de características mais ou menos constantes e definidas que permitem a identificação da arte produzida num período histórico

medieval-costumes-5.jpg

(estilo medieval, por exemplo),

decor_do_dia_2012_02_11.jpg

numa região (o estilo Provençal),

KWY_1_1958.jpg

 por um grupo de artistas (estilo dos KWY),

700px-Vatican-ChapelleSixtine-Plafond.jpg

de um único artista (o estilo de Michelangelo)

beethoven4.jpg

ou de uma fase na sua carreira (as três fases de Beethoven)

Screen Shot 2014-05-14 at 2_55_26 PM.png

de uma corrente estética (estilo neoclássico), e permitem relacionar uma obra à sua origem. A análise estilística pode ser capaz de definir a autoria ou a origem geográfica ou cronológica de um objeto quando outra identificação não é disponível, como uma assinatura, uma datação ou uma descrição literária ligando o objeto a um autor, local ou contexto histórico.

estilo-01.png

Estilo pode incluir moda, design, formato, ou aparência, incluindo por exemplo: Vestuário, Artes: dispositivos visuais, características tópicas e outras características que unificam ou distinguem o trabalho de certos artistas; cunho distintivo, Gênero musical: em música, Cascading Style Sheets: estilos para páginas da Internet,

barraco-no-brasil-baixe-as-obras-noticias.png

Gênero literário: em literatura, Figuras de linguagem: em linguística.

A palavra estilo sofreu alterações de acordo com o desenvolvimento da sociedade, os jovens atuais estão sempre a crer ser diferentes, e chamam essa 'procura' de estilo, e não percebem que existe um monte de pessoas com pensamentos iguais e um deles é ser diferente, ou seja, na ansia de ser diferente cada vez mais se parecem umas com as outras...

Stylus.jpg

A palavra estilo, do latim stilu(m), designava originalmente um pequeno instrumento metálico usado para escrever ou desenhar,

0105ROM0508_pompeji.jpg

um tipo de caneta antigo utilizada pelos gregos e romanos para escrever em cera;

800px-Table_with_was_and_stylus_Roman_times.jpg

em associação com essa ideia de escrita, desenvolve-se um novo sentido para estilo, que passa a indicar a maneira específica de escrever ou falar de uma pessoa ou de um grupo de pessoas: estilo conciso, estilo afetado, estilo didático, etc.; a partir desse segundo sentido, desenvolve-se a ideia de estilo como precisão ou perícia no escrever: ele escreve com estilo; também a partir do sentido de maneira de escrever, desenvolve-se um quarto sentido, mais nitidamente literário, de características específicas de um autor ou grupo de autores,

9275251_YtB8a.jpg

a palavra estilo adquire um novo sentido, de refinamento, de bom gosto, como em móveis de estilo, um homem de estilo; por último, o sentido original da palavra estilo, de pequena haste, é recuperado na palavra estilete, indicando punhal fino, pequena haste de grafite, etc.

campana-gorete-colaco-41.jpg

Com o tempo passou a designar uma maneira especial de fazer qualquer coisa. O tema do estilo foi estudado por Alois Riegl, afirmando que cada época tem o seu próprio estilo, em suas palavras, uma vontade artística ou formativa (Kunstwollen) que auxilia na determinação de desenvolvimentos estéticos regionais e cronológicos. Com seus trabalhos Riegl se opôs à ideia de que a história da arte é uma contínua sucessão de períodos de apogeu e declínio, dando um caráter particular para cada fase, tornadas assim de igual valor inerente. Continuando o trabalho de Riegl, Heinrich Wölfflin identificou cinco traços especiais encontrados com uma expressão oposta respetivamente no Renascimento e no Barroco.

b_prodotti-159771-rel24a3e6b1ef6e4aae8a7556f1778f8

Até então desprezado como uma fase de decadência do Renascimento, o Barroco, através da valorização do seu estilo peculiar, iniciou a ser recuperado pela crítica de arte. Outro autor que se deteve na análise do estilo foi Gottfried Semper, associando aspetos de forma com aspetos de técnica. No século XX diversos historiadores passaram a associar estilos específicos a determinadas estruturas sociais e econômicas, mas não se chegou a se formar uma teoria consistente, e desde então o conceito de estilo foi preferencialmente substituído pelo de poética.

pc3b3s-modernismo1.jpg

Após a emergência do Pós-Modernismo o conceito vem recebendo nova atenção como um elemento importante na compreensão da obra de arte.

 

 



Pesquisar

 

Mais sobre mim

foto do autor

Calendário

Outubro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivo

subscrever feeds

Comentários recentes

  • Anónimo

    OláNa preparação do molho de ervas e azeite mencio...

  • Anónimo

    Ahhhh!! Nao ligues. Aos comentarios sobre erros de...

  • Anónimo

    Ahhhh!! Nao ligues. Aos comentarios sobre ertos de...

  • Ana De Sousa Leal

    Credo, tantos erros ortográficos!

  • Ana

    Sem tantos erros ortográficos seria uma receita mu...

Mensagens

Tags

mais tags