Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

...é bom e eu gosto!

Aqui partilho o que mais gosto e me interessa; fotografias, decoração, arquitetura, inspirações, curiosidades, receitas, livros, viagens, boas ideias e espero que me ajudem com a vossa opinião e sabedoria...

...é bom e eu gosto!

Aqui partilho o que mais gosto e me interessa; fotografias, decoração, arquitetura, inspirações, curiosidades, receitas, livros, viagens, boas ideias e espero que me ajudem com a vossa opinião e sabedoria...

Caracóis à algarvia

FESTA-CARACOL-5.jpg

 

No Algarve, entre Abril e Junho, é tempo de comer caracóis. Este petisco é especialmente popular no dia 1 de Maio, em saídas para o campo onde integra a ementa dos piqueniques.

Aprendi com os meus avós a minha tia e a minha mãe a preparar e a cozinhar caracóis. Eu e a minha avó paterna (avó Lena) apanhávamos os caracóis na Quinta junto á passagem de nível da estação de Tavira, que é duns amigos dela e punhamos num saco mas os mais velhos aprenderam a colocar no chão envoltos num grande círculo de sal para não escaparem. No centro desse círculo colocavam uns ramos de amendoeira para eles treparem... Só os tiravam de lá na altura de os cozinhar, ou seja, no final de Abril. Na noite anterior, molhavam os caracóis e colocavam um alguidar grande sobre eles: os que subissem para as paredes do alguidar estavam bons; os que permanecessem no chão estavam mortos e portanto não serviam. Os preparativos continuavam com a sua lavagem que para mim é a parte mais chata e laganhenta. Eram abundantemente lavados para que a sua baba fosse bem retirada. Depois, eram colocados numa panela com água (com dois ou três dedos de água acima do nível dos caracóis) e em lume brando para que ficassem com os corninhos de fora. Assim que a água levantasse fervura era escorrida, ficando os caracóis sem qualquer baba… Voltava então a colocar-se nova água limpa, temperada com um fio de azeite, duas cabeças de alhos (alguns dentes de alho inteiros e outros esmagados), uma mão cheia de sal, casca de laranja e de limão, ramos de orégãos e de tomilhos, há também quem coloque batatas pequeninas com casca a cozer com os caracóis.

Caracois-a-Algarvia.jpg

Na minha casa eu não ponho as cascas de laranja nem limão e o tomilho também não. Em contra partida e por influência Lisboeta junto um caldo de carne e bocadinhos de bacon, muito alho e ramos de orégãos. Depois de cozidos juntávamo-nos à mesa para os saborear. Aqui no Algarve uza-se bicos de pita para melhor os retirar da casca! Que petisco!

08042011722.jpg

 Também conhecidos como o marisco dos pobres!!!

Vai uma caracolada???

Pesquisar

 

Mais sobre mim

foto do autor

Calendário

Maio 2015

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Arquivo

Comentários recentes

  • Silmara

    O brocolis e a cenoura são cru?

  • Anónimo

    Onde acho destas poltronas para comprar?

  • antonimo

  • Raquel Costa

    Boa tarde, andava com a ideia de mudar a decoração...

  • Anónimo

    Após dourar eu ponho no processador e vou pondo az...

Mensagens

Tags

mais tags