Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

...é bom e eu gosto!

Aqui partilho o que mais gosto e me interessa; fotografias, decoração, arquitetura, inspirações, curiosidades, receitas, livros, viagens, boas ideias e espero que me ajudem com a vossa opinião e sabedoria...

...é bom e eu gosto!

Aqui partilho o que mais gosto e me interessa; fotografias, decoração, arquitetura, inspirações, curiosidades, receitas, livros, viagens, boas ideias e espero que me ajudem com a vossa opinião e sabedoria...

O Dia de Maio e os Maios ou Maias no Algarve

 

t1larg-picnic.jpg

Festejar a Primavera, a Natureza e a abundância

DSC_0147.jpg

No dia 1 de Maio é dia de festa. Os festejos populares que o assinalam estão bastante enraizados na população algarvia, e incluem saídas para o campo, piqueniques, caracoladas, danças e cantares.

08042011722.jpg

 A tradição manda “Atacar o Maio” comendo figos secos condimentados com erva-doce, acompanhados com aguardente de medronho e em Olhão terra da minha mãe também para além dos Caracóis à algarvia a minha avó (avó Cecília) fazia a famosa Vila de ameijoas de Olhão e ainda o Xarém ou Papas de milho.

11178331_842295189159127_3088588631674639590_n.jpg

Ao final da manhã, o destino é o campo para o indispensável piquenique. Em algumas localidades há atuação de bandas de música e ranchos folclóricos, como em Alte, Alcoutim, Odeleite, Paderne, Monchique e Albufeira.

 

Aguardente_de_Medronho,_Soc__Ind__Bebidas_Regionai

 Festa do M:

M de Mel, M de Milho, M de Medronho. Desta feliz conjugação resulta uma outra festa tradicional que se realiza no primeiro dia do mês de Maio, em Monchique, rica nestes produtos. Nada como fazer uma visita para experimentar as especialidades acabadinhas de sair das mãos das doceiras como é o exemplo do Bolo de Maio, Bolo de Milho ou Bolo de Tacho.

timthumb.jpg

imagesOWYH9H3D.jpgbolodetacho(1).jpg

 

Xarém%20com%20Conquilhas.jpgMaios ou Maias

Nos três primeiros dias de Maio, é também tradição arranjarem-se grandes bonecos de trapos, enfeitá-los e colocá-los em cima do telhado ou no jardim; chamam-se “Maios” ou “Maias”, consoante o sexo representado. Estes bonecos personificam a Primavera e a fecundidade, e a origem desta tradição estará em certos costumes da Roma pagã, ligados ao culto da natureza.

É uma das tradições do 1 de maio. Os Maios, bonecos do tamanho dos humanos, saem à rua em algumas zona do país, mas no Algarve assumem contornos de crítica política e social. As pessoas que os confecionam colocam-nos logo ao nascer do sol à porta ou à beira da Estrada, durante este dia.

A crítica social e política está sempre presente nesta tradição dos Maios. Um tom de crítica que já vem do tempo da ditadura. Mas, como refere Joaquim Botinas, que reavivou há cerca de três décadas este hábito no concelho de Olhão, ao povo não faltam alvos.

A tradição diz que os Maios devem ser colocados na rua antes do nascer do sol.

Em vários locais do Algarve, como Alte ou Estoi, podem ser vistos nas ruas, mas é na estrada Nacional 125, entre Olhão e a Fuzeta, que se fazem filas de carros para os apreciar e rir das quadras que transportam.

ULSUAYfquFlYABcqA7dG.jpg

 

Pesquisar

 

Mais sobre mim

foto do autor

Calendário

Outubro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivo

subscrever feeds

Comentários recentes

Mensagens

Tags

mais tags