Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

...é bom e eu gosto!

Aqui partilho o que mais gosto e me interessa; fotografias, decoração, arquitetura, inspirações, curiosidades, receitas, livros, viagens, boas ideias e espero que me ajudem com a vossa opinião e sabedoria...

...é bom e eu gosto!

Aqui partilho o que mais gosto e me interessa; fotografias, decoração, arquitetura, inspirações, curiosidades, receitas, livros, viagens, boas ideias e espero que me ajudem com a vossa opinião e sabedoria...

Sanduiche de pão Pita mediterrânico e Pesto de espinafres

mediterranean-pita.jpg

 Pão Pita (khubz adi ou khubz arabi em língua árabe, pão árabe ou pão sírio) é um pão de trigo redondo e achatado tipo “envelope”, um pão folha que pode ser recheado e consumido como uma sanduiche. É popular em todos os países que resultaram do colapso do Império Otomano e também nos países ocidentais que albergam uma população importante do Médio Oriente,

O nome parece ter origem numa antiga palavra grega com o significado de “sólido”, mas na língua grega moderna, o sufixo “pita” aparece em muitas palavras que designam alimentos recheados.

O pão pita é feito com levedura, normalmente ativada com uma pequena quantidade de açúcar, e pode ser redondo ou oval e de tamanho variável.

Pode ser encontrado em qualquer supermercado.

18448922_dnByf.jpg

Hummos ou húmus (em árabe: حُمُّص) é um alimento típico do mundo árabe feito a partir de grão-de-bico cozido e espremido, Tahine, azeite, suco de limão, sal e alho.

Muitos tratados culinários descrevem o homus como um alimento antigo. De facto, sua base de ingredientes, o grão-de-bico, sésamo, limão e alho têm sido comidos na região há milénios.

As primeiras receitas conhecidas de um prato semelhante a húmus estão registradas em livros de culinários publicados no Cairo no século XIII. Um purê frio de grão-de-bico em conserva com vinagre ou limão, ervas, especiarias e óleo. Mais tarte, é incluído o taine e o alho.

Open-faced-mediterranean-pita-sandwich-1.jpg

 Com o tempo a aquecer, esta é uma saborosa sanduiche para comer ao ar livre no verão. É como comer uma salada no pão Pita e humos, tudo ao mesmo tempo. Pode encher um fresco pão Pita com um pouco de homos e Pesto, com camadas de espinafres, tomate cereja doces, azeitonas pretas fatiadas, feta salgado e abacates cremosos. Esta saborosa combinação de ingredientes mediterrânicos é óptima para levar para a praia.

Open-faced-mediterranean-pita-sandwich-2.jpg

 Receita Sanduiche de pão Pita mediterrânico e Pesto de espinafres

 

Sanduíche

2 Pães pita

4 Colheres de sopa de húmus

2 Colheres de sopa de Pesto

½ Xícara de espinafre baby - picado

8 a 10 tomates-cereja cortados ao meio

8 a 10 azeitonas pretas picadas grosseiramente -

3 Colheres de sopa de Feta - esfarelado

½ Abacate em cubos

Pesto:

1 Xícara de espinafre

2 Xicaras de pinhões

1 Dente de alho pequeno - descascado e picado

3 Colheres de sopa de azeite

¼ Xícara de queijo parmesão

6 Azeitonas pretas

Pimenta fresca de um moinho de pimenta

Open-faced-mediterranean-pita-sandwich-3.jpg

Faça o Pesto fresco, misturando todos os ingredientes num processador de alimentos.

Espalhe o húmus, em seguida, o Pesto em cada pita. Abra e divida o pão pita, espalhe os ingredientes num dos lados do pão pita. A camada de espinafres, tomates cereja, azeitonas, Feta e abacate no topo de cada pita.

Para comer, dobre ao meio e é só desfrutar.

Pernil de Porco Glaciado no Forno

440.jpg

 Ai… como eu gosto de pernil! Só de pensar dá água na boca. Quem tiver forno de lanha pode aproveitar porque fica sempre muito melhor. É uma receita muito saborosa e óptima para um jantar com a família ou amigos.

 

Receita de Pernil de Porco Glaciado no Forno

 

6 Pernis de porco (± 500 g cada)

Sal

2 Cenouras

2 Cebolas

1 ramo de aipo

Óleo

3 dl de vinho branco

1 l de caldo de carne

1 Ramo de cheiros

3 Dentes de alho

300 g de mel de flores

5 Grãos de cardamomo

5 Estrelas de anis

3 Grãos de coentros

1 Cravinho

2 bagas de zimbro

0,2 dl de vinagre de Xerez

Pimenta em grão

Para as batatas:

2 kg de batatas

1 kg de cebolinhas

1 Ramo de cheiros

2 dl de vinho tinto

1 l de caldo de galinha

100 g de margarina

0,5 dl de azeite

Tomilho fresco

 

Ligue o forno e regule a temperatura para os 160 °C. Introduza os pernis de porco durante 4 minutos em água a ferver, temperada com sal. Escorra,  passe-os por água fria e deixe a escorrer. Regue um tabuleiro com óleo e leve a aquecer sobre o lume. Aloure aí os pernis de todos os lados.

Tire a pele às cenouras, descasque as cebolas e lave o talo de aipo. Corte tudo em cubos grosseiros. Junte os legumes cortados e deixe saltear durante 2 minutos. Regue com o vinho branco e com o caldo de carne quente. Junte os dentes de alho descascados e o ramo de cheiros, introduza no forno (que já deve estar quente), e deixe assar durante 3 horas, voltando os pernis de vez em quando.

Entretanto, descasque as batatas e as cebolas. Lave-as e corte as primeiras em rodelas e as segundas em meias luas. Leve ao lume uma frigideira grande com a margarina e o azeite e deixe aquecer. Introduza as cebolas e deixe alourar sobre lume brando, mexendo de vez em quando. Adicione as batatas, regue com o vinho tinto e deixe levantar fervura. Transfira as batatas e as cebolas para um tabuleiro, regue com o caldo de galinha quente e, quando retomar fervura junte o ramo de cheiros e introduza no forno e deixe assar durante cerca de 50 minutos. Entretanto, deite o mel e as especiarias num tachinho e leve a ferver sobre lume brando até obter um caramelo claro. Regue com o vinagre de Xerez  misture bem. Retire os pernis do forno do tabuleiro, passe o molho através de um coador chinês e reserve. Volte a colocar os pernis no tabuleiro, pincele-os com o mel e leve de novo ao forno até ficarem com a pele estaladiça. Tempere com pimenta moída na altura. Sirva acompanhados com as batatas e o molho, à parte numa molheira.

Pizza Mediterrânica de três tomates

d1c19f0d-888f-414b-8b18-b6040f22a995.jpg

A dieta mediterrânea, ou dieta do mediterrâneo, é baseada na alimentação dos povos que vivem nas regiões banhadas pelo mar mediterrâneo, como Itália, Espanha, Grécia, Portugal, etc.

Tem como principal característica o elevado consumo de frutas, legumes e verduras (hortaliças), cereais integrais, leguminosas, oleaginosas, azeite, leite e seus derivados, peixes, vinho tinto e ervas finas.

Frutas e hortaliças (legumes e verduras) possuem uma grande quantidade de fibras, minerais, antioxidantes e vitaminas.

Cereais integrais (trigo, arroz, milho, soja) além de serem fontes de energia por causa dos carboidratos, também possuem fibras importantes para o processo digestivo e nutrientes como vitaminas, minerais e proteínas.

Leguminosas (feijão, grão-de-bico, lentilha, ervilha, soja, fava e tremoço) possuem fibras, proteínas e diminuem o nível do colesterol ruim (LDL).

Oleaginosas (amêndoas, azeitonas, nozes, castanhas, avelãs) são fontes de gorduras boas (mono e polinsaturadas) que ajudam a reduzir o colesterol ruim, além de possuírem vitamina E, Selénio e minerais, importantes agentes antioxidantes.

Peixes (ex. atum, sardinha, salmão) são ricos em ácidos graxos ómega 3 que ajudam na diminuição dos riscos de doenças cardiovasculares, redução da pressão arterial, ação anti-inflamatória, diminuição das taxas de triglicéridos e colesterol total no sangue.

Leite e derivados são fontes de cálcio que fortalecem os ossos e previnem a osteoporose.

Vinho tinto possui antioxidantes, evita a formação de placas de gorduras nos vasos sanguíneos e aumenta o colesterol bom (HDL).

Azeite ricos em ácido graxo monoinsaturado que ajuda no aumento do colesterol bom e evita a formação de placas de gordura nas artérias.

 

A dieta mediterrânea é muito apreciada na culinária em geral por usar uma grande variedade de ingredientes nutritivos saborosos e saudáveis.

Uma refeição de prato principal que é fácil de fazer no dia-a-dia e saborosa para petiscar com os amigos.

 

Receita Pizza Mediterrânica de três tomates

 

Massa de pizza

2 1/2 Colheres de sopa de Azeite Extra Virgem

1/2 Xícara de tomates secos em óleo picados grosseiramente

1/2 Colher de chá de folhas de tomilho fresco

12 Fatias de salame curado a seco ou salame normal

6 Tomates médios, cortados longitudinalmente em fatias não muito grossas

Sal

1 Colher de chá de folhas de orégão fresco picado

3/4 Xícara queijo mozarela ralado

1 Xícara de tomates cereja, cortados ao meio

1/2 Copo de azeitonas sem caroço

1 Copo queijo Feta esfarelado

Pimenta preta

2 Colheres de chá de sumo de limão

2 Colheres de sopa de folhas de manjericão fresco

 

Aqueça o forno a 160º.

Unte a base para assar a pizza com um pouco de azeite. Desenrole a massa de pizza na assadeira;

Pincele 1 colher de sopa de azeite sobre a massa. Coloque os tomates secos na massa. Polvilhe com tomilho.

Asse 7 a 10 minutos ou até que a massa esteja dourada. Reduza a temperatura do forno.

Na massa parcialmente cozida, coloque os ingredientes sobre camadas, na seguinte ordem: fatias de tomate, sal, orégão, queijo mozarela, tomates cereja, azeitonas, queijo feta e pimenta. Numa tigela pequena, misture o restante azeite e o sumo de limão 1 1/2 colheres de sopa; sobre a pizza.

Asse em forno a 180º 10 a 12 minutos mais ou até ficar bem aquecido. Polvilhe com manjericão. Corte em quadrados.

 

 

Tomates cereja refogados com cebola e ervas

Blistered-Cherry-Tomatoes-.jpg

 Com poucas calorias, apenas 18 a cada 100 gramas. Portanto, use e abuse da versão miniatura do tomate, o tomate cereja. Mais adocicado e menos ácido, fica perfeito em qualquer salada.

Heirloom-Cherry-Tomatoes.jpg

 O tomate cereja possui as mesmas propriedades que as dos primos maiores. Todos são bons para o organismo por carregarem boas doses de vitaminas A e B, minerais, fósforo, potássio, cálcio e ácido fólico.

Mas o melhor é o que trazem à mostra. Quanto mais vermelho, mais licopeno tem o tomate. O licopeno previne várias doenças, como mal de alzheimer, parkinson e câncer de próstata, de pulmão e de estômago. Além disso, ele evita o envelhecimento precoce e ajuda no combate à celulite. Por isso, é mais indicado consumir o tomate quando estiver bem maduro, pois contém mais nutrientes concentrados.

Por ser saudavel e saboroso, é abusar na quantidade em todas as ocasiões.

Com os grelhados de verão seja carne ou peixe estes tomates-cereja vão fazer um maravilhoso acompanhamento…

Blistered-Cherry-Tomatoes.jpg

 Receita de Tomates cereja refogados com cebola e ervas

 

1kg. de tomate cereja

1 Colher de sopa de azeite

2 Cebolas, finamente cortada

3 Dentes de alho, cortados

Manjericão fresca

Salsa

Sal e pimenta preta (no moinho)

 

Usando a sua mais pesada frigideira de ferro fundido, aqueça o azeite em fogo alto.

Adicione as cebolas e o alho e refogue por 1 minuto até ficar perfumado.

Adicione os tomates cereja e deixe descansar por 2 minutos até que eles comecem com bolhas. Dê-lhes uma agitação rápida e deixá-los sentar-se por mais 2 minutos ou mais. Tempere com sal e pimenta e polvilhe com algumas colheres de sopa de manjericão rasgadas e salsa.

Servir num prato ou no topo de frango grelhado, carne ou peixe.

 

Salmão em tabua de madeira

CEDAR_SALMON_TOMATO_H_1-copy.jpg

O Salmão é um peixe de águas frias que funciona como protetor do coração, pois é rico em ácidos graxos ômega-3, que evitam a formação das placas que obstruem as artérias, reduzem o colesterol e combatem os triglicerídeos. A cor alaranjada do salmão deve-se a um pigmento chamado astaxantina.

Salmão.jpg

 O salmão é basicamente um peixe branco. O pigmento laranja é feito através das algas e dos organismos unicelulares, que são ingeridos pelos camarões do mar; o pigmento é armazenado no músculo do camarão ou na casca. Quando os camarões são comidos pelo salmão, estes também acumulam o pigmento nos seus tecidos adiposos. Como a dieta do salmão é muito variada, ele pode apresentar uma enorme variedade de cores, desde branco ou um cor-de-rosa suave a um vermelho vivo. O betacaroteno, pigmento laranja encontrado em diversos alimentos, está presente na ração que os peixes de cativeiro se alimentam. De acordo com diversos estudos científicos, comer salmão de duas a três vezes por semana garante benefícios para a saúde de crianças, adultos e idosos. Pode ser consumido: assado, grelhado e também em forma de sashimi.

salmao5.jpg

 O salmão é rico em proteínas de alto valor nutritivo, superior ao de carnes vermelhas (como as de boi e porco). Além disso, as proteínas dos peixes são de alta digestibilidade, favorecendo o processo de digestão. O ômega-3 está presente em maior quantidade nos peixes de águas salgadas e frias, como atum, arenque, bacalhau, sardinha e salmão. Os de águas doces também apresentam ômega-3, mas em quantidade muito inferior quando comparados aos primeiros.

Cedar-Plank-Salmon-with-Blistered-Tomatoes-.jpg

 Esta é uma receita muito fácil de fazer e diferente, a madeira e o vinho vão dar sabor ao salmão. É ótimo para um almoço ou jantar em família ou com amigos, muito saudável e divertida!

 

Receita de Salmão em tabua de madeira de pinho (ou cedro)

 

1 Tabua de madeira de pinho grande com 2 dedos de largura +/-

3-4 Copos de vinho branco

1 Lombo de salmão inteiro sem pele, cerca de 1kg.

2 Colheres de sopa de azeite (em Portugal + e sempre de oliveira/azeitona)

2 Colheres de sopa de açúcar mascavado

Sal e pimenta

Gomos de limão com casca

Manjericão e salsa, para decorar

1 Receita Tomates cereja refogados com cebola e ervas

tomatoes.jpg

 Mergulhe a tabua de madeira no vinho branco cerca de 2-4 horas antes de grelhar.

Prepare grelhador a carvão (ou gás) em fogo médio, cerca de 180º.

SALMAO%205.jpg

 Coloque todo o lombo de salmão em cima da madeira, limpo e sem pele (com a ajuda de uma pinça tire as espinhas), certificando-se que o salmão não fica de fora da madeira. Regue o salmão com azeite e polvilhe com açúcar mascavado, sal e pimenta. Coloque a madeira na grade do grelhador e cobra-o. Grelhar cerca de 12-15 minutos e verifique o cozimento. O salmão está feito quando estiver uniformemente rosa no centro.

Usando uma pinça ou uma espátula grande, remova a madeira com o salmão e transfira para uma superfície plana para descansar.

Cubra com os tomates assados e ervas, algumas fatias de limão espremido, manjericão e salsinha e sirva imediatamente.

Pesquisar

 

Mais sobre mim

foto do autor

Calendário

Junho 2015

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930

Arquivo

subscrever feeds

Comentários recentes

  • JL

    Fotos fabulosas! Parabéns!!!

  • pessoa anónima

    morar num prédio é lixo!!! leva-se com todos os ba...

  • Anónimo

    Gracias, aún cuando no soy portuguesa, adoro Portu...

  • Anónimo

    Como posso ver mais receitas de bacalhau, por exem...

  • agence Web Tunisie

    Un très bon site.Merci pour vos articles.

Mensagens

Tags

mais tags