Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

...é bom e eu gosto!

Aqui partilho o que mais gosto e me interessa; fotografias, decoração, arquitetura, inspirações, curiosidades, receitas, livros, viagens, boas ideias e espero que me ajudem com a vossa opinião e sabedoria...

...é bom e eu gosto!

Aqui partilho o que mais gosto e me interessa; fotografias, decoração, arquitetura, inspirações, curiosidades, receitas, livros, viagens, boas ideias e espero que me ajudem com a vossa opinião e sabedoria...

Tarte seda de chocolate e caramelo

 

Capturar.PNG

É a melhor tarte de sempre! Fácil com base de bolachas Oreo, camada oculta de caramelo caseiro, chocolate em seda francesa, e chantilly! Pode ser feito antes do tempo e não tem ovos crus!

Chocolate-Caramel-French-Silk-Pie-01.jpg

 Surpresa pegajosos camada de caramelo caseiro grossa, com ultra enchimento de seda de chocolate gostoso, macio e em estilo francês, o chocolate feito sem ovos crus (ao contrário das tradicionais sedas francesas), e chantilly celestial fresco a rematar tudo isso. Como uma chocólatra, arrisco-me a dizer que eu ficaria feliz de comer só isso para sobremesa para o resto da minha vida.

Chocolate-Caramel-French-Silk-Pie-02.jpg

 Receita de Tarte seda de chocolate e caramelo

 

20 Bolachas Oreo

3 Colheres de sopa de manteiga sem sal, derretida

Para o caramelo:

1 1/2 Xícaras de açúcar granulado

3 Colheres de sopa de xarope de milho ou mel

1/4 Colher de chá de sal fino

6 Colheres de sopa de manteiga sem sal

6 Colheres de sopa de natas

1 Colher de sopa de iogurte

Para o recheio:

2/3 Xícara de açúcar granulado

2 Ovos grandes

115gr. de chocolate sem açúcar, derretida

1 Colher de chá de essência de baunilha

5 Colheres de sopa de manteiga sem sal, em temperatura ambiente

2/3 Xícara de natas

2 Colheres de chá de açúcar de confeiteiro

Para a cobertura:

1 Xícara de natas

2 Colheres de sopa de açúcar de confeiteiro

1 Colher de chá de essência de baunilha

Raspas de chocolate, se desejado

Chocolate-Caramel-French-Silk-Pie-03.jpg

Pré-aqueça o forno a 175º. Pulverize uma forma de tarte com spray de cozinha ou barre com manteiga.

Coloque as bolachas Oreo na tijela do Robot de cozinha até ficar moído finamente. Adicione a manteiga derretida e migue de novo até que esteja homogéneo. Pressione a mistura no fundo da forma e nos lados. Asse por 10 minutos ou até que esteja perfumado e firme. Deixe esfriar completamente sobre uma grade de arrefecimento.

Faça o caramelo:

Numa panela pequena misture o açúcar, o xarope de milho, sal e seis colheres de sopa de água e leve para ferver. Cozinhe sem mexer, até que um termômetro inserido no xarope leia 175º. Retire a panela do fogo e misture com cuidado a manteiga e as natas (a mistura vai borbulhar) até ficar homogêneo. Misture a colher de iogurte. Deixe esfriar por 10 minutos, em seguida, despeje o caramelo na base de Oreo cozida. Leve ao frigorífico até ficar firme, 1-2 horas.

Make the filling:Faça o recheio:

Numa panela pequena, misture o açúcar e os ovos. Em fogo baixo cozinhe, mexendo sempre, até a mistura atingir 70° e começar a engrossar. Retire do fogo e misture o chocolate derretido e baunilha até ficar homogéneo. Arrefeça mexendo ocasionalmente.

Use uma batedeira, bata a manteiga até formar um creme, cerca de 2 a 3 minutos. Aos poucos, adicione na mistura de chocolate arrefecida em seguida, bater em velocidade alta por 5 minutos, ou até formar um creme.

Numa taça limpa usar uma batedeira para bater o creme até que comece a engrossar. Adicione o açúcar e bata até formar picos firmes. Dobre na mistura de chocolate.

Despeje a mistura sobre o caramelo, alisando uniformemente. Leve à geladeira por 6 horas.

Faça a cobertura:

Use uma batedeira para bater as natas, o açúcar e a baunilha em velocidade alta até formar picos firmes. Tape a tarte com creme chantilly e decore com raspas de chocolate.

 

Pátina, Decapê e Satinê

french antique store.JPG

 Pátina, decapê e satinê são técnicas de pintura utilizadas em móveis e até portas. Através destas técnicas você pode renovar completamente o seu móvel, deixá-lo completamente novo e criar com isso um novo ambiente na sua casa.

mo.jpg

 O rústico nunca um espaço bastante grande em meio às técnicas artesanais que imitam a ação do tempo.

1005201013722.jpgPátina em geral cria-se um efeito geralmente manchado, criado com tinta sobre um fundo branco, a cor é à sua escolha, mas quando utilizar o fundo branco não escolha cores quase brancas para a pátina, o fundo não precisa ser necessariamente branco, você pode optar por brincar com as cores.

images141KH7L2.jpg

 Hoje em dia fala-se em pátina esteve tão em alta quando o assunto é decoração e, por isso mesmo, técnicas como o Decapê e a Pátina têm encontrado para toda a pintura com efeito manchado, em móveis  e objetos decorativos, então fica difícil delimitar os modelos de pátina, é pátina provençal, francesa, lixada, riscada, envelhecida, enfim, é pátina de todo e qualquer jeito.

7909d35606b27171b92b6a110c577949.jpg

 Decapê vem do francês Decapar - Arrancar, baseia-se em arrancar pedaços de metal que possam criar um visual que pareça desenhado pela ação do tempo. A combinação de pedaços “atacados” pela ferrugem é que define um Decapê. Quando a peça é lixada passa a ter um efeito de contraste entre as partes que foram e que não foram atacadas.

0bce35551a865d57b85887344eb93e32.jpgO visual da peça, após passar pelo processo de lixamento do Decapê, é bem mais rústico e de classe. Trata-se de uma técnica que se adapta bem com tons de castanho, bege e, até mesmo, azul e verde. Porém, vale ressaltar que se pode usar com qualquer cor, uma boa sugestão é usar o tom sobre tom para ter um efeito mais interessante.

08814613afb81473574c54cf8e906e5f.jpg

Qual a Diferença Entre Pátina e Decapê?

Uma questão que sempre aparece quando o assunto é criar um efeito rústico em algumas peças é qual a diferença entre a Pátina e o Decapê. A grande diferença entre uma e outra é o material utilizado para criar esse efeito.

a313b6aa869c5a810a2d0b608a6fd259.jpg

 No caso da Pátina, o efeito do tempo é feito com o uso de tintas que causam oxidação nas superfícies em que são aplicadas. Essas tintas agem juntamente com a luz gerando um tipo de “queimadura” que parece ser causada pelo tempo e assim aparece o efeito manchado rústico. Já no caso do Decapê, o efeito é conseguido através do lixamento com a ajuda de um pedaço de metal para que dê um aspeto de corroído ou lascado pelo tempo.

414f7c9671d082424427e5d12df8d47d.jpgA pátina faz-se com tinta e o decapê faz-se um relevo com massa, é bem menos usado e em alguns casos produz um efeito bem rústico.

20832_p2_patina-riscada-riodejaneiro.jpg

Satinê é uma técnica onde não se aplica um fundo de cobertura sobre a madeira, a tinta usada, geralmente é esmalte ou verniz específico para satinê é aplicado diretamente sobre a madeira não escondendo seus veios, técnica utilizada por pessoas que não desejam uma mudança radical no móvel ou portas, desta forma consegue clarear não escondendo a beleza da madeira, é importante que o móvel esteja perfeito e não riscado ou amassado.  

634226830489682994.jpg

 

 

Pintura de móveis

Trip-33-Drawer-polka-dot-storage-unit.jpg

 Quase todos herdamos móveis antigos e usados que pertencem à família há gerações, móveis de madeira maciça são resistentes e duradouros, mantendo suas características por muito tempo, mas que não combinam com a decoração. Ou ainda são móveis carregados de histórias e lembranças familiares que não queremos abrir mão.

quarto-infantil-moveis-coloridos.jpg

 Móveis de madeira de boa qualidade não devem ser abandonados na sua garagem ou arrecadação, ou mesmo no lixo, apenas porque têm alguns arranhões ou são já usados. Dê vida nova a peças de móveis velhos e desgastados.

decoração-com-móveis-coloridos8.png

Materiais Necessários:

Chave de fendas

Lixa grossa

Massa de madeira

Lixa fina

Tinta base - Primer

Tinta

Pincéis

 

salascoloridas-01.jpg

 Como pintar móveis:

1 Coloque panos no chão, e abra todas as janelas e portas para permitir uma boa ventilação. Posicione o objeto que será pintado sobre os panos. Coloque uma máscara facial e, eventualmente, luvas, antes de iniciar o trabalho.

2 Use uma chave de fenda elétrica ou manual para remover puxadores, alças, e qualquer outro acessório removível do móvel. Coloque os itens removidos em sacos rotulados para saber exatamente onde recolocá-los mais tarde.

Considere tirar uma foto dos móveis antes de remover os acessórios, para ajudar a encontrar o lugar correto para cada peça mais tarde.

Limpe os itens antes de recolocá-los no lugar, ou compre novos puxadores e maçanetas para combinar com a nova pintura.

3 Deve verificar, se o móvel esta liso e caso não esteja cubra as fissuras com massa corrida, deixe secar e nivele com uma lixa 150 ou uma lixadeira elétrica, depois  retire o pó com um pano húmido.

paint_furniture-3.jpg

 Caso esteja liso, lixe para retirar o verniz ou o encerado, esse passo é super importante para preparar o móvel.

Passe a lixa uniformemente em cada parte do mobiliário, de modo que uma área não fique mais desgastado do que o resto.

Lixe em direção ao grão da madeira, e não ao contrário. Lixar na direção contrária ao grão pode deixar arranhões permanentes na superfície.

Para lixar superfícies curvas, coloque a lixa num objeto macio, como em uma meia enrolada.

Tenha cuidado ao lixar madeira esculpida e pernas torneadas. Lixar demais pode danificar o design.

4 Se a peça tem rachaduras, lascas e/ou arranhões grandes, agora é a hora de repará-los. Pintar sobre estes tipos de danos irá resultar numa superfície de aparência desleixada e desigual. Repare o móvel.

Use uma massa de madeira para preencher buracos e lascas. Estas massas de madeira espalham-se suavemente sobre a superfície da madeira e endurecem à medida que secam.

Não tente lixar muito os arranhões profundos. Pressionar a lixa com muita força irá resultar em locais com marcas fundas na sua peça de mobiliário.

5 Lixe novamente com uma lixa fina. Use uma lixa fina ou um bloco de lixa fina para lixar o móvel novamente. Isto removerá qualquer revestimento restante e vai igualar as áreas da superfície onde a massa de madeira foi aplicada. Quando terminar, limpe a superfície com um pano limpo e sem fiapos para remover partículas de madeira e poeira.

6 Aplicar primeira de mão com a tinta base, na superfície de móveis de madeira ajuda a tinta aderir e durar por vários anos. Escolha uma cor alguns tons mais claros que a cor que você pretende pintar seus móveis.

Aplique a primeira de mão uniformemente sobre a superfície utilizando um pincel angular.

Uma demão deve ser suficiente, mas se houver áreas que não parecem completamente cobertas, dê uma segunda demão. Deixe secar completamente antes de aplicar a tinta.

paint_furniture-2.jpg

7 Escolha um tipo de tinta. A maioria dos tipos de tinta funciona bem em móveis de madeira; escolha o tipo e a cor que você quer para sua mesa, cadeira ou armário. Considere as seguintes opções ao escolher a sua tinta:

Para um visual de luxo, de alta qualidade, escolha uma tinta com um acabamento brilhante.

Casca de ovo ou tinta fosca pode dar uma aparência de móvel "chique", perfeito para o armário de uma criança ou uma estante na sua varanda.

8 Pinte o móvel. Use um rolo de espuma e um pincel angular de boa para pintar a peça uniformemente. Todos os movimentos devem ser feitos na mesma direção para um acabamento de aparência profissional.

Não é necessário pintar o interior de gavetas de móveis e armários, já que uma camada de tinta pode fazer com que as gavetas emperrem.

Dependendo do tipo de tinta que você está usando, você pode querer dar mais de uma demão. Deixe a primeira camada secar completamente antes de aplicar outra.

9 A peça do mobiliário pintado pode ser colocada no lugar ou ganhar um acabamento com um verniz, cera, ou uma técnica para dar-lhe uma aparência antiga.

10 Após a tinta ter secado completamente, use uma chave de fenda para colocar os acessórios de volta ao lugar.

comoda-bebe.jpg

 

 

 

Pátina provençal

provence.pngA pátina é uma técnica de envelhercer e mudar totalmente as características da madeira e nasceu na França no século XIX. A idéia era imitar os móveis desgastados dos nobres. Assim, os marceneiros e pessoas que não podiam comprar peças caras, imitavam os efeitos do envelhecimento usando várias técnicas. Hoje essas técnicas são usadas e muito requisitadas por arquitetos e decoradores do mundo inteiro que passam para seus clientes um efeito de evelhecido valorizando as peças, sendo essa tendência da decoração considerada de muito bom gosto.

Berço-madeira-com-estofado.jpgA palavra "pátina" em si, tem um significado amplo. No passado servia para definir aquela película esverdeada que aparece no bronze  e no cobre devido à oxidação pela ação do tempo. Com o tempo, até o esverdeamento das pedras como mármore e granito também foram designadas como pátina.

850xN.jpgAtualmente o aspeto acetinado que o móvel ganha com o desgaste natural ou pela exposição à luz, passou  a ser designado como pátina. Assim, pátina é um conceito amplo que hoje refere-se mais a um conjunto de técnicas aplicadas por especialistas para conferir à pintura um efeito de envelhecimento. Há mesmo uma grande variedade de efeitos que podem ser obtidos conforme o gosto das pessoas: clássico, rústico, romântico, etc. Para cada efeito existe uma técnica; pátina tradicional, pátina provençal, pátina lavada, pátina francesa, pátina barroca, pátina lixada, etc. 

505519-Decoração-vintage-fotos-21.jpg

 As pátinas não são consideradas restauração, pois mudam totalmente as características originais dos móveis. Renovam e valorizam e tornam as peças em pequenas obras únicas, ou exclusivas, portanto, valorizam a peça dando um visual novo. As peças que passam por esse processo, assim que terminadas, praticamente dobram ou tiplicam de valor comercial por terem sido trabalhadas por um artista ou artesão ou mesmo por um especialista em pinturas. E claro, além do visual renovado, dá expressão, bom gosto e exclusividade.

qq.pngCom o tempo os móveis vão ficando com um aspeto gasto e feio, precisam de uma reforma. Esta é uma ótima técnica para renovar os móveis e deixá-los com um estilo romântico e ao mesmo tempo rústico.

dining-room.jpg

É excelente para dar uma nova aparência aos móveis e disfarçar imperfeições. Sem contar que móveis trabalhados artesanalmente tem um aumento no valor comercial como já foi dito.

q111.png

Esta técnica pode criar diversos efeitos diferentes na madeira e usada em vários tipos de madeira, incluindo o MDF, que geralmente é pintado antes com uma cor mais escura para se ter uma base melhor para a poder aplicar.

imagesZYSRGOSW.jpg

Pode fazer-se numa bandeja, mesa, cadeira, comoda ou até mesmo no gurda-roupas  que está num canto abandonado, assim pode dar à sua casa o detalhe que faltava recriando ambientes novos e variados e com muito bom gosto.

bandeja_provencal-76377.jpg

Nada como dar um novo look à casa, por vezes nós mesmas podemos fazer pequenas mudanças como é o caso deixando os móveis com aspeto diferenciado e personalizados. E se gostamos do estilo provençal aqui está uma otima ideia…

Maison_Martin_Margiela_Mat_Satine_Brillant_milan09

Materiais Necessários:

Chave de fendas

Massa de madeira

Tinta látex - branca

Pincel macio

Verniz

Lixa para madeira número 100 e 150

Vela

09072014_100750_03dsc07373.jpg

 pátina provençal é feita da seguinte forma:

1 Coloque panos no chão, e abra todas as janelas e portas para permitir uma boa ventilação. Posicione o objeto que será pintado sobre os panos. Coloque uma máscara facial e, eventualmente, luvas, antes de iniciar o trabalho.

2 Use uma chave de fenda elétrica ou manual para remover puxadores, alças, e qualquer outro acessório removível do móvel. Coloque os itens removidos em sacos rotulados para saber exatamente onde recolocá-los mais tarde.

Considere tirar uma foto dos móveis antes de remover os acessórios, para ajudar a encontrar o lugar correto para cada peça mais tarde.

Limpe os itens antes de recolocá-los no lugar, ou compre novos puxadores e maçanetas para combinar com a nova pintura.

3 Deve verificar, se o móvel esta liso e caso não esteja cubra as fissuras com massa corrida, deixe secar e nivele com uma lixa 150 ou uma lixadeira elétrica, depois  retire o pó com um pano húmido.

Caso esteja liso, lixe para retirar o verniz ou o encerado, esse passo é super importante para preparar o móvel.

Passe a lixa uniformemente em cada parte do mobiliário, de modo que uma área não fique mais desgastado do que o resto.

Lixe em direção ao grão da madeira, e não ao contrário. Lixar na direção contrária ao grão pode deixar arranhões permanentes na superfície.

Para lixar superfícies curvas, coloque a lixa num objeto macio, como em uma meia enrolada.

Tenha cuidado ao lixar madeira esculpida e pernas torneadas. Lixar demais pode danificar o design.

4 Se a peça tem rachaduras, lascas e/ou arranhões grandes, agora é a hora de repará-los. Pintar sobre estes tipos de danos irá resultar numa superfície de aparência desleixada e desigual. Repare o móvel.

Use uma massa de madeira para preencher buracos e lascas. Estas massas de madeira espalham-se suavemente sobre a superfície da madeira e endurecem à medida que secam.

Não tente lixar muito os arranhões profundos. Pressionar a lixa com muita força irá resultar em locais com marcas fundas na sua peça de mobiliário.

5 Lixe novamente com uma lixa fina. Use uma lixa fina ou um bloco de lixa fina para lixar o móvel novamente. Isto removerá qualquer revestimento restante e vai igualar as áreas da superfície onde a massa de madeira foi aplicada. Quando terminar, limpe a superfície com um pano limpo e sem fiapos para remover partículas de madeira e poeira. 

6 Aplique tinta látex na cor de sua preferência para fazer a base e deixe secar, para  acelerar o processo use um secador de cabelos. Passe outra mão da mesma tinta. Se a peça que for trabalhar for clara, vai precisar pintá-la antes com uma tinta látex de cor mais escura, podendo usar tons de castanho, por exemplo. Já se a peça for escura não há necessidade de ser pintada.

7 Quando a tinta secar, passe a vela em todas as partes da peça onde você deseja obter o efeito envelhecido, em especial nos detalhes da peça (se houver) e nas quinas e bordas, depois  retire o excesso passando suavemente com o pincel.

8 Com o pincel passe tinta branca em toda a peça, e deixe secar. Repita a pintura por mais duas vezes.

9 Depois de seco, passe a lixa 100 nas áreas onde foram aplicadas a vela e você vai começar a perceber o efeito da pátina.

10 Por fim, passe o verniz, que deve ser à base de água e incolor, porque só deve proteger e realçar a peça, não mudar a cor. Agora tem uma linda peça para decorar a casa.

11 Após a tinta ter secado completamente, use uma chave de fenda para colocar os acessórios de volta ao lugar.

pátina.jpg

Para um melhor esclarecimento a respeito desta técnica, assista também um vídeo de como fazer pátina provençal passo a passo:

 

Pesquisar

 

Mais sobre mim

foto do autor

Calendário

Julho 2015

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Arquivo

subscrever feeds

Comentários recentes

  • Freezers

    Thank you for superb post here , very nice to visi...

  • مكيف قطعتين

    Article très intéressant , c’est un plaisir de vou...

  • Anónimo

    Guida, tem que aprender a escrever melhor. O xarem...

  • Anónimo

    Obrigado pela receita. O que conta é a intenção, o...

  • Anónimo

    @Biscaya da Silva Quero muito ler esse livro !Boa ...

Mensagens

Tags

mais tags

Em destaque no SAPO Blogs
pub